(11) 5591-3000 [email protected]
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Avaliação de Resultados em Treinamento

Educação Corporativa – por que é importante investir?

Na nova economia o capital humano assume importância fundamental na criação de valor. Estudos indicam que até 85% do valor das organizações baseiam-se em ativos intangíveis. A globalização dos negócios, o desenvolvimento tecnológico, o forte impacto das mudanças e o intenso movimento pela qualidade e produtividade, vêm exigindo cada vez mais de nossos protagonistas e isso requer capacitação e qualificação profissional.

Investir em pessoas é investir no ativo que irá fazer a diferença na organização, pois são as pessoas que mantém relacionamentos com clientes e fornecedores, são elas que decidem, se comunicam, fazem as escolhas, melhoram processos, enfim o ativo mais importante de uma organização.

É fato que existe uma ênfase crescente por parte do RH em demonstrar que os programas de T&D devem fazer parte do conjunto de investimentos estratégicos da organização e ao mesmo tempo, os altos executivos questionam se os investimentos em treinamentos realmente valem a pena. A questão então é como provar.

“Aqueles preocupados com o custo da educação deveriam antes considerar o custo da ignorância”. Derek Bok – Ex-Reitor da Universidade Harvard

Avaliação de Resultados de Treinamento

Qual é então o grande desafio?

O grande desafio está em definir antes do treinamento, o que queremos como resultado da ação. As pessoas sabem que querem investir em melhoria de seu pessoal, porém, não têm claro o que querem de forma mensurável. Tudo que é importante deve ser medido e tudo que é medido pode ser gerenciado. Ora, se não soubermos de forma mensurável o resultado desejado, nunca saberemos se o resultado do treinamento foi atingido?
Metodologias disponíveis para medir resultados em treinamentos

Quando discutimos o tema, beneficiamos-nos dos conceitos de Donald Kirkpatrick – Professor Emérito da Universidade de Wisconsin, criador do modelo de quatro níveis na avaliação de resultados em treinamento.

  • Nível 1 – Avaliação de reação
  • Nível 2 – Avaliação de aprendizagem
  • Nível 3 – Avaliação de mudança de comportamento
  • Nível 4 – Avaliação de resultados (relação custo x benefício)
  • Nível 5 – Avaliação pelo ROI em treinamentos, modelo que podemos atribuir como o quinto nível por Jack Phillips.
  • Nível 6 – Avaliação por Objetivos Mensuráveis (*) por Carlos Basso que podem ou não ser financeiros.

(*) 6º. Nível de Avaliação – BSC

Definimos esta necessidade e atribuímos como SEXTO NÍVEL, pela reflexão e prática da filosofia do Balanced Scorecard – BSC (David Norton e Robert Kaplan), que associa e comprova através da relação de causa efeito os benefícios dos treinamentos aos indicadores da organização. Se investirmos em capacitação e houver motivação para ação, estas irão favorecer a melhoria nos processos e no atendimento que geram satisfação aos clientes. Estes, ao perceber valor agregado compram o que por sua vez, irá favorecer o aumento na receita e consequente favorecimento ao lucro (resultado). O mesmo raciocínio se aplica a organizações sem fins lucrativos.

Para os incrédulos, recomendamos que fiquem atentos para aquilo que pode representar em sua organização o “custo oculto” do não treinamento!

A CR BASSO é especialista em treinamento e consultoria sobre Avaliação de Resultados em Treinamento.
Faça-nos uma consulta.

Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter e receba nossos melhores artigos

Entre em contato, tire suas dúvidas ou solicite uma proposta

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe comercial fará contato com você.

Reconhecimentos Públicos
Algumas das empresas que confiam na excelência
da CR BASSO para treinar seus colaborades