WhatsApp
(11) 5591-3000 [email protected] WhatsApp CR (11) 99327-5528
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

BLOG

24 de setembro de 2018
Como desenvolver Líderes? Conheça o Leadership One
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog
Como desenvolver Líderes

Se você é um gerente, coordenador, supervisor, líder, encarregado, empreendedor ou simplesmente tem como um dos seus desafios a formação de outros líderes, este artigo é para você.

Afinal, hoje em dia, até mesmo os pequenos e médios empresários têm esta missão entre suas práticas de trabalho. Há várias formas de desenvolver líderes dentro da sua empresa, e quando você conta com um programa estruturado com este objetivo, a tarefa fica muito mais fácil e os resultados positivos aparecem mais rapidamente.

Leia mais

17 de setembro de 2018
Plano de Desenvolvimento Individual: O que levar em conta?
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog
Plano de Desenvolvimento Individual

Sem um bom mapa não se vai a lugar nenhum, certo? O mapa é para uma viagem como o PDI (Plano de Desenvolvimento Individual) é para uma carreira profissional.

Tamanha é sua importância que hoje vamos detalhar o que é este plano e o que se deve levar em conta na hora de construí-lo. Então, não deixe de ler este conteúdo até o final!

Leia mais

5 de setembro de 2018
Atitude de dono: Sua equipe tem esse perfil?
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Sem categoria

Será que os meus colaboradores realmente têm pensamentos e atitude de dono? Ou simplesmente eles vem para empresa para trabalhar e não pensam em evoluir e crescer junto? Você já fez estas perguntas pra si mesmo? Pois então, deveria.

Hoje em dia, o incentivo ao empreendedorismo e as empresas inovadoras que facilitam o crescimento dos colaboradores estão em alta. Portanto, a competitividade não se limita apenas à atração de clientes.

Ela está presente também entre os empregadores que disputam os melhores profissionais do mercado. Aqueles que, além das habilidades e competência técnica, atuam como verdadeiros donos do negócio.

Isto é, eles sempre inovam, pensam em novos processos, em redução de custos e têm a expectativa de crescerem juntamente com a empresa. Afinal, este é o perfil e atitude de dono do negócio. É o conhecido “ownership” (a expressão em português significa “atitude de dono”).

Leia mais

27 de agosto de 2018
O que é assessment e qual a sua importância?
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog
O que é assessment e qual a sua importância?

O assessment surge no mundo corporativo como uma ferramenta fundamental para uma gestão profissional eficiente. O método tem ganhado força e as empresas estão cada vez mais enxergando sua importância e seus propósitos.

Mas, afinal, o que é assessment? Para que serve? Vamos esclarecer este importante tema neste artigo. Acompanhe!

Não importa o tamanho ou o segmento em que a empresa atue, certamente a liderança terá que, em algum momento, tomar decisões quanto à abertura de vagas, sucessão de gestores, fusões, demissões e outras situações que exigem bastante conhecimento.

É neste contexto que o assessment faz toda diferença!

Leia mais

4 de julho de 2018
Liderança 4.0 – Você está preparado?
Autor: Carlos Basso - Categoria: Blog
Liderança 4.0

Para se manterem competitivas e destacadas no mercado, as empresas precisam estar à frente do seu tempo. Precisam INOVAR e inovação significa se beneficiar de uma cultura única que promova o relacionamento saudável entre as pessoas dentro da empresa.  

Nunca é demais destacar que a Quarta Revolução Industrial representa novos modelos de negócio, bem como novos direitos e responsabilidades dos líderes. Todos os dias surgem novas tecnologias e todos os dias aumenta a distância entre o progresso e a capacidade em se lidar com as consequências. Esta revolução está mudando a forma como vivemos, trabalhamos e nos relacionamos. Aliás, a maior mudança será nos sistemas sociais e econômicos que moldam as nossas vidas.

Para o professor Klaus Schwab, fundador e chairman executive do Fórum Econômico Mundial nossos esforços devem se concentrar nos seres humanos, na sociedade e no meio ambiente, e não apenas no progresso tecnológico ou na produtividade.

Leia mais

15 de maio de 2018
Confiabilidade: um atributo profissional indispensável
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog
confiabilidade: um atributo profissional indispensável

Se você trabalha num ambiente onde faz parte de uma equipe, já deve ter percebido a importância da confiabilidade no relacionamento com o seu time. Confiança é um atributo base de qualquer relação. Não apenas nas relações profissionais, mas nas pessoais também. Perde-se a confiança, compromete-se a relação. Mas como ser um profissional dito confiável? No trabalho, a confiança geralmente está no manter a palavra.

Vejamos como isso acontece. Suponha que você gerencie uma equipe responsável pela área de recursos humanos da empresa. O setor de engenharia pede a você para selecionar alguns candidatos a serem entrevistados para uma vaga de engenheiro. Você então se compromete de fazer uma pré-seleção até determinada data. Para isso, você solicita a um analista de RH do seu grupo buscar alguns currículos e dá um prazo à ele. Nessa conversa, o analista diz à você que precisará anunciar a vaga em alguns veículos de mídia, como sites e jornais especializados de empregos e isso terá um custo que precisa ser aprovado. Você então se compromete a fazer a autorização dessa verba até o dia seguinte.

O que sucede dessa situação é determinante para a sua reputação como profissional de confiança. Vejamos algumas coisas que podem acontecer.

Leia mais

26 de abril de 2018
Trabalho em Equipe: Por que é tão Difícil? (Parte II)
Autor: Carlos Basso - Categoria: Blog
Trabalho em Equipe: Por que é tão Difícil? (Parte II)

A EMPRESA E O TRABALHO EM EQUIPE

As organizações são compostas de departamentos/ áreas funcionais. Temos, portanto, uma diretoria com seus respectivos gerentes e, abaixo deles, supervisores e demais colaboradores. A empresa não trabalhará em equipe se o supervisor e o gerente não fizerem parte “da equipe”. Não existe o gerente e a equipe. Existe a equipe, onde o gerente é um dos membros. O resultado do gerente (área/ departamento), depende de todos os membros.

O que vejo, em geral, são pequenos agrupamentos de pessoas que trabalham apoiando a atuação de umas com as outras. Porém, a existência de diversos agrupamentos liderados por diferentes supervisores não atuará em equipe se estes também não atuarem unidos em torno de objetivos comuns da empresa.

Se não bastasse isso, vejo que os vários gerentes de um departamento vinculados a um mesmo diretor não atuarão em equipe se não comungarem dos mesmos objetivos do diretor/ empresa. O que ocorre na prática, é que cada um elege suas prioridades. É como se esquecessem que há um resultado maior a ser obtido, não pela área ou pelo departamento, e sim pela empresa. Na comunidade empresarial é comum chamarmos a isso de “feudos”. Embora velado, isso é ainda muito comum ainda nas organizações deste novo milênio. Significa que quando há discussões internas e precisam tomar decisões, devem eleger o que é melhor para a empresa e não o que é melhor para o departamento A ou B, ou para indivíduo A ou B, a solução deve sempre caminhar na direção do que é melhor para a empresa. Na prática, as pessoas com seus egos, têm dificuldades em trabalhar esses aspectos.

Leia mais

17 de abril de 2018
Trabalho em Equipe: Por que é tão Difícil? (Parte I)
Autor: Carlos Basso - Categoria: Blog
Trabalho em Equipe: Por que é tão Difícil?

Hoje, mais do que nunca o desempenho das organizações depende da atuação dos grupos de trabalho, pois, sozinhos não geramos os melhores resultados. Estes podem ser mais facilmente obtidos, com menor custo, maior rapidez e melhor produtividade se a atuação dos grupos privilegiar o trabalho em equipe.

Segundo Bodwell e Mankins (2013), “atingir resultados num ambiente desafiador como o de hoje, exige um nível de prontidão, rapidez e qualidade que está além do alcance da performance individual. Apenas o alinhamento de talentos e forças proporcionado pelas equipes é capaz de dar essa vantagem competitiva à empresa”.

Leia mais

20 de março de 2018
Terceirização: Principais modificações realizadas pela Reforma Trabalhista
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog
Terceirização: Principais modificações realizadas pela Reforma Trabalhista

As mudanças serão aplicadas nos contratos firmados após a validação da Reforma Trabalhista.

As novas regras para a terceirização de serviços aprovadas pela Reforma Trabalhista ainda geram incertezas para empregados e empregadores. Mas afinal quais são as modificações decorrentes da nova lei?

Aprovada no plenário do Senado, a Reforma Trabalhista entrou em vigor em novembro de 2017 e alterou diversos artigos da Consolidação das Leis Trabalhistas a fim de adequar à legislação às novas relações de trabalho, entre elas a terceirização de serviços.

Vale lembrar que a lei da Terceirização foi aprovada em março, antes da Reforma. Sendo assim, os pontos alterados na reforma trabalhista foram apenas para complementar a nova lei.

Leia mais

21 de fevereiro de 2018
7 Dicas Essenciais para o Líder Administrar Conflitos
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog
7 dicas essenciais para administrar conflitos

Conflito – fenômeno próprio das relações humanas. Ocorre devido a posições divergentes em relação a algum comportamento, necessidade ou interesse comum. O conflito não é ruim em si mesmo.

Alguém já disse que se você não quiser ter conflitos, basta não se relacionar. Mas sabemos que até mesmos os eremitas têm os seus conflitos interiores. A sabedoria nas relações interpessoais não está em evitar conflitos, mas sim, em saber lidar e resolver de forma equilibrada os conflitos que, inevitavelmente, surgirão.

O conflito pode ser fonte de ideias novas e permitir a expressão e a exploração de diferentes pontos de vista, de interesses e de valores. Saber lidar com a situação é que define se o momento será prejudicial ou benéfico aos envolvidos, exigindo das pessoas autoconhecimento e inteligência emocional.

Em pesquisas realizadas pelo Instituto Dale Carnegie foi constatado que 85% do sucesso profissional vem da competência de relacionamento e somente 15% de competências técnicas.

Algumas considerações para reflexão sobre conflitos:

Leia mais

1 2 3 8
Leadership One - Programa de Líderes

Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter e receba nossos melhores artigos

[CDATA[*/function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]