WhatsApp
(11) 5591-3000 [email protected] WhatsApp CR (11) 99984-2611
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

8 dicas para desenvolver sua inteligência emocional

29 de outubro de 2018
8 dicas para desenvolver sua inteligência emocional

Inteligência emocional, segundo os psicólogos Peter Salovey e John Mayer, é a capacidade de monitorar nossos próprios sentimentos e emoções e os dos outros: fazendo a distinção entre eles e usando essa informação para orientar os pensamentos e as ações.

Já para Daniel Goleman, autor do livro “Inteligência Emocional”, o conceito significa a capacidade de reconhecer e regular emoções em nós mesmos e nos outros. Como anda sua inteligência emocional? Como fazer para desenvolvê-la? Vamos dar algumas dicas sobre isso. Acompanhe!

8 dicas para desenvolver sua inteligência emocional

1 – Empatia é uma das alavancas

Entender os outros, tentar imaginar como se sentem em determinada situação e, a partir dai, se comunicar de forma que eles compreendam e sem prejudicar ninguém é ter empatia. Uma recomendação é começar a praticar por você mesmo.

Questione-se sempre: Por que me sinto assim? Por que faço isto desta forma? Preste atenção aos seus sentimentos e atitudes e as respostas para estas perguntas virão naturalmente.

Depois que você percebe todo este processo em você mesmo, fica bem mais fácil notar e compreender as emoções dos que vivem ao seu redor.

2 – Fuja das emoções negativas

Ninguém está livre das emoções negativas. Mas saber administrá-las faz parte da missão de quem está interessado em desenvolver a inteligência emocional.

O esforço deve ser no sentido de não concluir por impulso que tal fato foi negativo. Prefira colocar suas energias pensando nas opções de como sair da situação.

Focando nas soluções, a emoção negativa vai ficando para trás e você ganha satisfação pessoal além de aprender a neutralizar as emoções negativas e potencializar as positivas.

3 – Observe os sinais do corpo

Preste atenção aos sinais que seu organismo transmite o tempo todo. Seu corpo e seus comportamentos falam muito sobre você. E tudo isso tem consequências diretas na sua vida afetando de forma positiva ou negativa. É preciso ter consciência disso.

Passe a observar os detalhes de como está seu corpo e sua mente. E, então, tome as atitudes que trazem qualidade de vida e afaste-se daquelas que não lhe fazem bem.

4 – Administrando a ansiedade e o estresse

Por mais que haja um esforço para que não aconteçam, as situações estressantes no trabalho e na vida particular são inevitáveis. Nessa hora, saber lidar com a ansiedade e o estresse é fundamental. Para ter o equilíbrio exigido nestas ocasiões, o jeito é aprender a administrar a pressão da melhor maneira.

Cada um tem que descobrir qual a melhor forma para cuidar da própria mente e manter a calma.  Estas formas não são complexas. Atitudes simples como sair de determinado ambiente e dar uma caminhada, tomar um chá, fazer alongamentos ou meditar podem ser um bom e eficaz remédio.

5 – Respeite os seus limites

Quando você busca e pratica o autoconhecimento, torna-se capaz de reconhecer quais são os seus limites. O segundo passo é respeitá-los, seja discordando, dizendo mais “nãos”, estabelecendo prioridades, dedicando-se ao seu bem-estar e mudando de rota quando perceber que algo não vai bem.

Repare que quem tem inteligência emocional sabe olhar para si próprio e para os demais com as lentes da sua experiência. Ao contrário, quem não respeita seus limites está fadado às frustrações e a outros sentimentos negativos como culpa e arrependimento.

6 – Cuidado com os julgamentos

Para adquiri inteligência emocional é preciso ter paciência e perseverança. Trata-se de um processo lento e gradativo e que varia bastante caso a caso.

Procure não ser muito impulsivo e explosivo, não faça julgamentos já no primeiro contato com uma determinada atitude ou com a opinião do outro. Pense muito antes de julgar e tomar decisões.

Desta forma, você evita erros e injustiças, aspectos fundamentais nos relacionamentos interpessoais e no dia a dia profissional. Saiba, também, como administrar conflitos.

7 – Pense antes de reagir

Você já pensou na diferença que há entre responder aos estímulos rapidamente e reagir – este um processo muitas vezes inconsciente? Responder deve ser um ato consciente.

Ou seja, procure responder após perceber como você se sente e ai sim:  se comportar respondendo desta ou daquela maneira. O imediatismo é inimigo do acerto. Pense nisso antes de reagir.

Evite que o lado emocional do seu cérebro funcione mais rapidamente do que seu lado racional.

8 – Treine seu cérebro

É possível treinar seu cérebro com comportamentos adequados e emocionalmente inteligentes. Transforme atitudes saudáveis em hábitos, controle suas emoções incapacitantes e torne sua vida mais prazerosa, serena e rica.

E você? Está pronto para aplicar estes 8 pilares da inteligência emocional na sua vida e ganhar um diferencial importante na sua carreira? 


Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog

[contact-form-7 id="156" title="Tire-Duvidas-Especialistas" html_id="tire-suas-duvidas-form-003"]
Reconhecimentos Públicos
Algumas das empresas que confiam na excelência
da CR BASSO para treinar seus colaboradores
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[E-BOOK GRÁTIS]
[E-BOOK GRÁTIS]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[wpforms id="3105" title="false" description="false"]
[CDATA[*/function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]