WhatsApp
(11) 5591-3000 [email protected] WhatsApp CR (11) 99984-2611
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Atitude de dono: Sua equipe tem esse perfil?

5 de setembro de 2018

Será que os meus colaboradores realmente têm pensamentos e atitude de dono? Ou simplesmente eles vem para empresa para trabalhar e não pensam em evoluir e crescer junto? Você já fez estas perguntas pra si mesmo? Pois então, deveria.

Hoje em dia, o incentivo ao empreendedorismo e as empresas inovadoras que facilitam o crescimento dos colaboradores estão em alta. Portanto, a competitividade não se limita apenas à atração de clientes.

Ela está presente também entre os empregadores que disputam os melhores profissionais do mercado. Aqueles que, além das habilidades e competência técnica, atuam como verdadeiros donos do negócio.

Isto é, eles sempre inovam, pensam em novos processos, em redução de custos e têm a expectativa de crescerem juntamente com a empresa. Afinal, este é o perfil e atitude de dono do negócio. É o conhecido “ownership” (a expressão em português significa “atitude de dono”).

Engajamento com o mesmo propósito

Ter atitude de dono ou senso de dono – como preferem alguns especialistas no assunto –, é apresentar um modo diferenciado de lidar com as mais diversas situações, sempre visando o crescimento da empresa, sua estabilidade no mercado e, como não poderia deixar de ser, o lucro.

Quando todos têm esta esta mentalidade e compartilham do mesmo ideal, se trabalha com paixão. Tanto que é comum vermos aqueles funcionários que “vestem a camisa da empresa” se referindo a ela como a um filho ou um grande amor. O comprometimento e o engajamento com o propósito da empresa é visível.

Caso contrário, temos o colaborador apático, que trabalha no temido “piloto automático”, que se refere ao chefe com desprezo e vê na sua atividade profissional apenas um modo para pagar as contas. Sem idealismo, motivação ou compromisso. Você não quer colaboradores assim, não é mesmo?

Se você deseja o sucesso para o seu negócio, precisa se cercar de profissionais que tenham atitude de dono. Nem sempre eles já são assim ao serem contratados. Muitas vezes, você precisa despertar entre sua equipe o senso de apropriação.

Evite delegar pressão. Delegue tarefas, mas nunca ansiedade. Procure ser transparente e dê feedbacks frequentes, deixando claro para cada colaborador o que você espera dele. Cuidado com as cobranças exageradas, o excesso de regras e a falta de flexibilidade em relação à hierarquia.

Não aja de maneira unilateral perante seus colaboradores. Não permita que seus funcionários vejam o trabalho como um fardo pesado demais para carregar, mas sim como um caminho para o alcance de resultados positivos, tanto para a empresa, quanto para suas próprias carreiras profissionais.

Atitude de dono: Como contaminar as pessoas?

  • Mostre que a empresa se importa com o crescimento das pessoas promovendo capacitação e treinamentos. Estimule, também, a participação dos colaboradores em seminários e congressos dentro da sua área de atuação. Isso contribui para que eles tenham uma visão mais global e sistêmica;
  • Se comunique bem. Faça com que todos entendam a empresa como um todo. Crie canais de comunicação e interaja sempre com seus funcionários. Comunicação é uma via de mão dupla. Fale e ouça na mesma medida!
  • Walk the talk! A expressão, em inglês, significa que o ideal é agir conforme o discurso. Ou seja, pratique aquilo que você prega na teoria;
  • Permita que as pessoas se envolvam em processos que não estão diretamente ligados ao seu escopo de trabalho;
  • Crie um ambiente onde todos sintam-se a vontade para dar ideias, sem bloqueios implícitos ou explícitos;
  • Garanta a autonomia para os membros da sua equipe e entenda o erro com parte do caminho para o acerto;
  • Mostre-se pronto para orientar e ajudar o colaborador a alcançar suas metas e objetivos;
  • Estimule o entusiasmo da sua equipe para o atingimento das metas;
  • Sempre que possível proponha o trabalho em equipe e evite a atividade isolada;
  • Reconheça como positiva a troca de conhecimentos;
  • Não dê espaço para a hierarquia tradicional e rígida;
  • Promova a sinergia e a empatia;
  • Estabeleça políticas inclusivas;
  • Transmita companheirismo;
  • Seja um líder inspirador.

Instinto inovador

Para que seus funcionários tragam sempre novas ideias e sintam-se estimulados a criar novos projetos, tenha um ambiente que acolha bem os empreendedores. Esta prática pode ser individual. Mas é melhor ainda quando o instinto inovador está presente na cultura da empresa.

A atitude de dono não vai apenas fazer sua empresa crescer. Tenha em mente que uma vez que isso comece a fazer parte do DNA da sua empresa, ela será sinônimo de um ambiente de trabalho agradável, divertido e desafiador.

E esta é uma das chaves para atrair os melhores profissionais e retê-los já que ali eles se sentem estão motivados e são produtivos.

Se você gostou deste artigo, compartilhe-o com seus contatos e nas suas redes sociais. Assim, você ajuda mais gente a formar uma equipe com atitude de dono!


Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog

Entre em contato, tire suas dúvidas ou solicite uma proposta

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe comercial fará contato com você.

Reconhecimentos Públicos
Algumas das empresas que confiam na excelência
da CR BASSO para treinar seus colaboradores
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[E-BOOK GRÁTIS]
[E-BOOK GRÁTIS]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[wpforms id="3105" title="false" description="false"]
[CDATA[*/function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/ function read_cookie(a){var b=a+"=";var c=document.cookie.split(";");for(var d=0;d
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[CONDIÇÃO ESPECIAL]
[i]
[i]
[i]
[i]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[CDATA[*/function read_cookie(a) {var b = a + "=";var c = document.cookie.split(";");for (var d = 0; d < c.length; d++) {var e = c[d]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]
[i]