(11) 5591-3000 [email protected]
Exact matches only
Search in title
Search in content
Search in posts
Search in pages

Novos desafios exigem novas competências

23 de julho de 2015
Novos desafios exigem novas competências

A dinâmica das organizações

A dinâmica das empresas tem sido um grande desafio para quem estuda ou quer entender como elas funcionam. É tudo rápido, algumas vezes inusitado e outras, inexplicável. Nessa ciranda, nem sempre é fácil para o profissional saber o que se espera dele, como pode dar o seu melhor.

Com tantas idas e vindas, novos modelos e modismos, está cada vez mais clara a necessidade de esse profissional investir em seu desenvolvimento e autoconhecimento.

Um ambiente propício à mudanças

Num ambiente de grande mutação, há competências que são vitais não importa em que tipo de empresa. São mais do que competências, são qualidades que garantem vitórias em todas as áreas da vida. Essas competências confundem-se com equilíbrio, saúde mental, física, social. Tê-las ou não pode significar sucesso ou fracasso.

Quais são, então, elas? As mais conhecidas, ou pelo menos, mais discutidas nos fóruns empresariais são: a competência profissional, aquela que nos permite realizar nossos alvos, que nos dá satisfação e permite que nos desenvolvamos e a competência intelectual – que nos leva ao crescimento, à expansão do conhecimento, das habilidades e atitudes. A competência física também tem sido alvo de atenção nas últimas décadas. Hoje há um grande estímulo ou até exigência de que os profissionais invistam na capacitação física, na segurança e nas práticas saudáveis.

Há outras, entretanto, que já foram muito negligenciadas em um passado mais recente. Hoje estão em pauta e passaram de coadjuvantes a protagonistas. São, por exemplo, a competência emocional – conjunto de valores, atitudes e formas de agir que mostram o entusiasmo e alegria de viver e acreditar em si e nos outros. A competência espiritual (não é mais “feio” falar de espiritualidade nas empresas) nos dá compreensão e respeito a valores como fé, esperança, otimismo e a competência social nos possibilita estabelecer relacionamentos saudáveis, harmonia com grupos sociais diversificados, iguais ou diferentes, com a natureza.

Ser um profissional integrado e inteiro hoje quer dizer estar em constante desenvolvimento dessas competências. Desenvolver essas competências é trabalhar rumo à valorização pessoal e a do ser humano. É compreender a amplitude do que somos. A empresa só tem a ganhar quando conta com pessoas completas, saudáveis e competentes em todos os contextos.


Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog

Entre em contato, tire suas dúvidas ou solicite uma proposta

Preencha o formulário abaixo que nossa equipe comercial fará contato com você.

Reconhecimentos Públicos
Algumas das empresas que confiam na excelência
da CR BASSO para treinar seus colaborades